Assistir videos de animais fofos melhora saúde, comprova estudo

Assistir videos de animais fofos melhora saúde, comprova estudo

Um estudo da Universidade de Leeds, no Reino Unido, em parceria com a Western Australia Tourism, comprova que assistir videos, ou ver imagens de animais fofos, melhora a saúde de diversas formas.

Em todos os casos, os participantes do estudo que viram as imagens fofas por 30 minutos tiveram reduções consideráveis na pressão arterial, na frequência cardíaca e na ansiedade.

A pressão arterial média caiu de 13/8 para 11/7. A frequência cardíaca média foi reduzida para 67,4 bpm, uma redução de 6,5%.

 

As taxas de ansiedade também caíram em 35%, medidas feitas pelo Inventário de Ansiedade Traço-Estado, um método de autoavaliação frequentemente usado em ambientes clínicos para diagnosticar ansiedade, de acordo com o Associação Americana de Psicologia.

“Fiquei surpresa que, durante a sessão, cada medida de cada participante caía um pouco. Tanto a frequência cardíaca como a pressão arterial diminuíam”, disse a doutora Andrea Utley, professora associada da Universidade de Leeds.

“Quando eles saíram, preencheram o questionário novamente e indicaram que estavam se sentindo menos ansiosos”, afirmou.

Como

A doutora Andrea Utley editou um vídeo de 30 minutos mostrando bichinhos adoráveis.

“Colocamos gatinhos, cachorrinhos, gorilas bebês, quokkas – criaturinha peluda encontrada na Austrália Ocidental, conhecido como  “o animal mais feliz do mundo” –  Você sabe, o tipo de coisa que a gente espera nesses vídeos”, contou Utley.

As sessões foram em dezembro de 2019 e envolveram 19 pessoas -15 alunos e quatro funcionários da universidade – e foram intencionalmente agendadas durante as provas de final de ano, um momento em que o estresse está em um nível significativamente alto, principalmente para estudantes de medicina, de acordo com Utley.

Utley esperava conduzir oito sessões no total, mas foi forçada a adiar devido às restrições do novo coronavírus. Ela reconhece que provavelmente só fará mais sessões pessoalmente em 2021.

Até lá, a doutora está explorando opções online para manter o estudo em andamento.

Veja o animal fofo usado no experimento e melhore sua saúde:

Com informações da First Stop Singapore e CNN

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.