Após anos de estudos, empresa começa primeiros testes da vacina contra HIV em seres humanos

Após anos de estudos, empresa começa primeiros testes da vacina contra HIV em seres humanos

Nesta quinta-feira (19), o laboratório norte-americano Moderna anunciou que, após anos de estudos e pesquisas, os primeiros testes da vacina contra o HIV começaram a ser feitos em seres humanos, nos Estados Unidos.

O imunizante foi gerado através do RNA mensageiro (mRNA), que é a mesma tecnologia que produz proteção utilizada pela empresa para as vacinas anti-Covid.

A autorização formal para iniciar os testes em humanos (fase 1) foi aceita pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH) e irão envolver 56 pacientes com idades entre 18 e 50 anos não-portadoras do vírus.

primeiros testes vacina hiv

Etapas até a vacina

De início, serão duas fases de testes: na primeira, 50% dos voluntários receberá duas doses iguais do imunizante mRNA-1644, e a outra, duas versões distintas, nomeadas mRNA-1644 e mRNA-1644v2.

Resultados serão acompanhados ao longo de 10 meses: nesse meio-tempo, os pesquisadores querem verificar a existência de resposta imune e comprovar a segurança da aplicação.

Se a resposta for bem-sucedida, outras duas doses serão necessárias somente para cumprir os protocolos de liberação, exigidos pelas agências sanitárias norte-americanas.

Por fim, na segunda etapa, haverá mais duas aplicações. Nelas, os cientistas farão a análise da segurança e das defesas do organismo e testarão a eficácia real das doses oferecidas.

primeiros testes vacina hiv

Tecnologia mRNA

O ácido ribonucleico (RNA) é essencial na síntese de proteínas do nosso organismo. No caso do RNA mensageiro (mRNA), ele “ensina” as células do corpo a produzir antígenos contra vírus.

A partir daí, a vacina se torna mais eficiente, pois é diferente dos imunológicos tradicionais, que são fabricados à base de partes do vírus ou de vírus desativado.

Além do laboratório Moderna, sua concorrente, a Pfizer, também está com um imunizante aprovado e em fase de produção na América do Norte.

Vacinação no Brasil

Aqui no Brasil, a vacinação contra o HIV também acontecerá e a USP já está cadastrando voluntários desde o início do ano.

Saiba mais como vai funcionar o cadastramento e como entrar em contato com a universidade clicando aqui.

Fonte: Diário do Nordeste
Fotos: Reprodução / Diário do Nordeste

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.